Bolt diz que amistoso na sexta será decisivo para a carreira dele

O futuro de Usain Bolt no futebol pode ser decidido nesta sexta-feira, quando seu time, o Central Coast Mariners, fará um amistoso com o Macarthur South West United, como preparação para o início da liga australiana. O primeiro jogo oficial da temporada será no dia 21.

“Vai ser um grande jogo. Eu acho que poderá determinar o que o clube vai pensar em fazer com a minha carreira”, disse o jamaicano, de 32 anos, dono de oito medalhas de ouro olímpicas no atletismo.

Depois de ser usado como ponta-esquerda em sua primeira partida pelo time, em agosto, Bolt deve atuar de forma diferente no jogo desta sexta-feira, no Sydney Campbelltown Stadium. “O técnico Mike Mulvey disse que me quer mais à frente”, disse Bolt.

O Central Coast Mariners não entrará com a equipe titular em campo. “Vou atuar de forma diferente, com jogadores que estou acostumado a atuar nos treinos. O treinador disse apenas para eu entrar concentrado e me esforçar. Vou tentar aproveitar a oportunidade da melhor forma.”

Recordista mundial dos 100m e 200 metros, Bolt diz estar satisfeito com seu desempenho e com as oportunidades recebidas. “Poder atuar é sempre um bom passo. Quando os treinadores estão satisfeitos e nos colocam no time titular. Eu posso dizer que estou melhorando, mas só saberemos em que nível estou na realidade nos jogos oficiais.”

No final de setembro, o técnico Mulvey disse que poderia esperar até janeiro antes de ter uma decisão final sobre as condições de Bolt, que atuou em dois amistosos. Em 31 de agosto, jogou 20 minutos. Em 19 de setembro, entrou no segundo tempo. Canhoto, sempre atuou mais pelo lado esquerdo do gramado.

Fonte: Notícias ao Minuto