Braga destina emenda de R$ 2 milhões para ampliação de testagem para diagnóstico da covid-19

Foto: Divulgação

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) destinou emenda parlamentar no valor de R$ 2 milhões que foram recebidas, nesta semana, pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-AM). O objetivo é ampliar a realização e o processamento de exames de diagnóstico da covid-19.

O recurso faz parte do montante de R$ 18,1 milhões providenciados pelo senador Eduardo Braga (MDB/AM), por meio de emendas ao Orçamento da União, e direcionados exclusivamente para investimentos nos serviços de saúde oferecidos aos amazonenses.

Além do Lacen-AM, a capital Manaus, prefeituras do interior e dois órgãos de ponta – as fundações Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCECON) e de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT/HVD) -, foram contemplados com as verbas federais.

Segundo Cristiano Fernandes, diretor técnico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) – a qual o Lacen-AM é vinculado, o reforço financeiro será aplicado em melhorias na estrutura física do Lacen-AM. Uma delas é a ampliação do laboratório de virologia, onde é feito o diagnóstico molecular da Covid-19. “Isso vai ampliar a nossa capacidade técnica para detecção de vírus respiratório, especialmente a Covid-19, que tem sido um desafio para o Amazonas”, explicou ele em vídeo encaminhado ao senador.

Em outra ocasião, Rosemary Costa, diretora-presidente da FVS-AM, afirmou, ainda, que o recurso será utilizado para aquisição de um pipetador automático, equipamento para acelerar a liberação dos exames. “Isso vai agilizar muito a etapa do processo de extração do DNA dos vírus, reduzindo o tempo de processamento de quatro horas para uma hora”, disse.

(*) Com informações da assessoria de imprensa