Brasil abre 196.966 vagas formais de trabalho em abril, mostra Caged

Carteira de trabalho; taxa de desemprego do Brasil deve ficar entre as maiores do mundo em 2022 — Foto: Divulgação/Prefeitura de Aparecida de Goiânia

O Brasil abriu 196.966 vagas formais de trabalho em abril, resultado acima da expectativa e que representa aceleração na criação de vagas em relação ao mês anterior, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado hoje (6) pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

Em março, o país havia registrado abertura líquida de 88.145 empregos. A leitura de abril veio acima da criação de 170.655 postos projetada por analistas em pesquisa da Reuters, e foi a melhor para o mês desde os 216.974 postos de trabalho criados em abril de 2012.

Leia mais: Setor de serviços do Brasil tem recordes de altas de preços e criação de empregos em maio

O dado de abril é fruto de 1,85 milhão de contratações e 1,66 milhão de desligamentos, e deixou o Brasil com saldo positivo de 770.593 empregos formais no acumulado do ano, contra superávit de 894.664 visto no mesmo período de 2021.

A criação de empregos foi puxada em abril pelo setor de serviços, que teve saldo positivo de 117.007 vagas. Os setores de comércio, construção e indústria também apresentaram criação líquida de empregos, mas o grupo de agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura fechou 1.021 postos de trabalho no início do segundo trimestre.