Brasil fecha 2021 com mais de 22 milhões de casos e 619.056 mortes por Covid-19

O país registrou 72 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas; Mato Grosso e Tocantins não reportaram dados

Representação gráfica do novo coronavírus – Foto: Getty Images

Desde o início de casos de coronavírus no Brasil, em março de 2019, o país atingiu a marca de 619.056 óbitos e mais de 22 milhões infecções pelo SARS-CoV-2.

Nesta sexta-feira (31), último dia do ano, o país registrou 72 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgados às 18 horas.

Além disso, foram reportados 10.282 novos casos confirmados da doença.

Mato Grosso e Tocantins não notificaram dados de mortalidade e novas infecções.

A média móvel nos últimos setes dias de infecções ficou em 8.112 casos, já a média de mortes ficou em 95.

Ômicron é identificada em 31% dos casos de Covid-19 em dezembro

Uma análise feita com amostras positivas do SARS-Cov-2, o novo coronavírus, mostra que 31,7% das infecções foram causadas pela variante Ômicron entre os dias 1º e 15 de dezembro.

O estudo foi feito pelo Instituto Todos pela Saúde em parceria com os laboratórios Dasa e DB Molecular, e foram coletados testes de 16 estados brasileiros.

Vacina garante imunidade ainda melhor para quem já foi infectado

Em entrevista à CNN nesta quarta-feira (30), a imunologista e integrante do Comitê Científico da Sociedade Brasileira de Imunologia, Cristina Bonorino, comentou sobre o estudo da Fiocruz que revelou que todas as vacinas contra a Covid-19 que são aplicadas no Brasil garantem proteção adicional para quem já foi infectado pelo coronavírus.