‘Brasil não aguenta mais um lockdown’, diz Bolsonaro sobre nova variante

Presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia no Ministério da Justiça, em Brasília - Pedro Ladeira - 25.nov.2021/Folhapress

Presidente Jair Bolsonaro participa de cerimônia no Ministério da Justiça, em Brasília – Pedro Ladeira – 25.nov.2021/Folhapress

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta sexta-feira (26) a adoção de “medidas racionais” para conter a chegada da ômicron, a nova variante do novo coronavírus. Ele descartou um novo lockdown ou fechamento de fronteiras.

Bolsonaro afirmou que debateu com o presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), almirante Antônio Barra Torres, e o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), as medidas a serem tomadas.

“O Brasil não aguenta mais um lockdown. Conversei com o almirante Barra Torres, com o Ciro da Casa Civil discutindo Argentina. Quem vem da Argentina de carro para cá, sem problemas. Quem vier de avião tem que ficar quatro dias em quarentena. Vamos tomar medidas racionais”, disse ele, sem deixar claro se já foi tomada a decisão ou não e se teria abrangência para outras fronteiras.