Brasil quebra jejum e vence na estreia na Copa do Mundo feminina

A seleção brasileira feminina estreou na Copa do Mundo da França pondo fim a uma sequência de derrotas e com uma atuação de gala da atacante Cristiane, 34, que compensou a ausência de Marta.

Segunda equipe mais velha da competição em média de idade, o Brasil derrotou a Jamaica, a mais nova (e fazendo sua primeira participação em Mundiais), por 3 a 0, reencontrando a vitória depois de 9 fracassos consecutivos.

Em sua quinta participação em Copas, Cristiane foi decisiva para a quebra de jejum. Aos 15 do primeiro tempo, livre na grande aérea, cabeceou para dentro depois de um cruzamento preciso de Andressa Alves, outra peça-chave para a vitória brasileira, apesar de ter perdido um pênalti aos 37 da etapa inicial.

Aos 5 do segundo tempo, depois de uma recuperação de Debinha, Andressa Alves cruzou pela direita no pé de Cristiane, que só empurrou.
O terceiro gol da maior artilheira em Olimpíadas (independentemente do gênero) viria numa cobrança de falta na entrada da grande área, aos 18.
Em seguida, ela foi substituída por Ludmila, que criou boas oportunidades com Geyse, substituta de uma Bia Zaneratto que não encontrou seu jogo.

Com uma lesão na coxa esquerda, Marta foi poupada pelo técnico Vadão, mas assistiu ao jogo no banco e confraternizou com a torcida na hora do aquecimento.
Liderada pelo fenômeno Khadija Shaw (19 gols nas eliminatórias da Concacaf), que levou perigo repetidas vezes ao gol de Bárbara, a Jamaica não se acovardou diante do Brasil, mas mostrou mais agilidade e força física do que capacidade de armação.

Próximas adversárias do Brasil e favoritas na chave, as australianas perderam para a Itália por 2 a 1 no confronto de abertura do grupo, também no domingo. A partida acontece nesta quinta (13), às 18h (13h no Brasil).

BRASIL
Barbara; Letícia, Kathellen (Daiane), Mônica e Tamires; Thaisa, Formiga, Andressa Alves e Debinha; Bia Zaneratto (Geyse) e Cristiane (Ludmila)
T.: Vadão

JAMAICA
Schneider; Bond-Flasza, Plummer, A. Swaby e Blackwood; C. Swaby, Solaun, Sweatman; Matthews (Brown), Shaw e Carter (Cameron)
T.: Hue Menzies

Local: Stade des Alpes, Grenoble (FRA)
Árbitro: Riem Hussein (ALE)
Assistentes: Kylie Cockburn (ESC) e Mihaela Tepusa (ROM)
Público: 17.688 torcedores
Cartões amarelos: Formiga (Brasil) e Plummer (Jamaica)
Gols: Cristiane aos 15 min. do primeiro tempo; aos 4 min. e aos 18 min. do segundo tempo (BRA)