“Brasil seguiu caminho diferente e passa por momento difícil”, diz Trump

Reprodução

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tergiversou, nessa sexta-feira (29/05), ao ser perguntado sobre a decisão do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (sem partido), de defender o fim do isolamento no país, apesar de, desde a semana passada, o país registrar diariamente mais de mil mortes e já ter mais de 465 mil casos.

À correspondente da Globo News em Washington, Raquel Krähenbühl, ele disse que “não queria ser crítico” do presidente porque o respeitava, mas destacou que o mandatário brasileiro “tomou um caminho diferente” e está “passando por um momento difícil”.

“Bem, ele seguiu caminho diferente. O Brasil tomou um caminho diferente. Com certeza, eles estão passando por um momento difícil. Eu não quero criticar ninguém porque eu tenho muito respeito por ele”, afirmou Trump.

Ele também disse querer retirar as restrições a voos vindos do Brasil “assim que puder”, mas não citou qualquer data. Desde a última terça-feira (26/05), os EUA não permitem, por causa do novo coronavírus, a entrada de pessoas que tenham estado no país até 14 dias antes de pousar em solo estadunidense.