Brasil tem sábado com menor número de óbitos por Covid-19 desde 2 de janeiro

Cemitério em Manaus (AM) durante a pandemia da Covid-19 Foto: Bruno Kelly/Reuters (31.dez.2020)

Cemitério em Manaus (AM) durante a pandemia da Covid-19
Foto: Bruno Kelly/Reuters (31.dez.2020)

O Brasil teve, nesse 17 de julho, o sábado com o menor número de óbitos pela Covid-19 desde janeiro. Nas últimas 24 horas, foram registradas 868 mortes pela doença. O menor índice para um sábado, em 2021, foi o dia 2 de janeiro, quando foram reportados 331 óbitos. Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Nas últimas 24 horas, foram registrados, ainda, 34.339 casos da doença. Com a atualização, o país tem um total de 19.342.448 casos e 541.266 óbitos desde o início da pandemia.

A média móvel de mortes está em 1.196 neste sábado, e vem apresentando queda desde meados de junho. O índice representa o balanço de mortes dos últimos sete dias.

País enfrenta desafios ao completar seis meses de imunização

Desde o início da campanha de imunização contra a Covid-19 no Brasil, em 17 de janeiro, 32,8 milhões de pessoas foram imunizados no país – com duas doses ou com a vacina de dose única: o montante corresponde a 20,6% da população adulta nacional. As informações são da CNN com base nas secretarias estaduais. Especialistas consultados pela CNN avaliam que a proporção é insatisfatória em um país cuja infraestrutura de saúde permitiria, a essa altura, ter imunizado toda a população.

Ranking de vacinação

O Brasil continua em 66º lugar no ranking global de aplicação de doses da vacina contra Covid-19 neste sábado, na relação a cada 100 habitantes. O país, que iniciou a vacinação há seis meses, já esteve na 56ª posição desse ranking e chegou a descer para a 70º – nas últimas semanas ocupava a 68ª posição.