Brasil vence a Colômbia e, com dois anos de atraso, vai jogar no Maracanã

Brasil 2 colombia 0 2

O Maracanã, enfim, vai receber a seleção brasileira. A vitória por 2 a 0 sobre a Colômbia, gols de Neymar e Luan, paga uma conta de 2014, quando aquela semifinal (você sabe quanto foi, não é?!) evitou que a equipe decidisse a Copa do Mundo em casa. A Olimpíada terá Brasil x Honduras na semi, quarta-feira, às 13h (de Brasília). Faltam dois jogos para o ouro inédito. Não faltou emoção na Arena Corinthians, ou pela pancadaria maluca do primeiro tempo, em que a Colômbia bateu à vontade e recebeu um revide de Neymar – o árbitro turco Çuneyt Çakir não expulsou ninguém –, ou pela boa atuação no segundo tempo, aberto, com o perigoso Borja na frente. Os zagueiros do Brasil deram show.

PRIMEIRO TEMPO

O imbatível judoca francês Teddy Riner, o medalhista do boxe Robson Conceição ou nossa querida e dourada Rafaela Silva talvez pudessem falar melhor do primeiro tempo na Arena Corinthians. Num jogo com mais “ippon”, “yuko” e “wazari” do que tabelas e dribles, o gol só poderia sair de falta. Neymar, de longe, numa barreira pessimamente armada por Bonilla. Foi seu primeiro na Olimpíada. Falta, porém, ele já sofreu dezenas. A Colômbia fez rodízio para bater no atacante, que revidou quando não houve devolução de bola, o famoso fair-play. O judô olímpico virou UFC. O espírito olímpico disse “adiós”. Tapa pra cá, chute pra lá. E a se destacar no resto da primeira etapa, a atuação perfeita do zagueiro Rodrigo Caio.

Brasil 2 colombia 0 1SEGUNDO TEMPO

Borja entrou e a Colômbia trocou o UFC pelo futebol. Com mais gente à frente, travou a evolução do Brasil pelo chão, mas parou nos imbatíveis Marquinhos e Rodrigo Caio. Rogério Micale trocou Gabriel, em atuação abaixo de sua média na Olimpíada, por Thiago Maia, e o Brasil sofreu por alguns minutos. Valeu para ver o tamanho da dedicação, até mesmo de Neymar, que correu enlouquecidamente para tentar fechar os espaços. A Colômbia, sem conseguir passar pelos zagueiros, abusou de chutes errados de longe. Luan ensinou. Encobriu Bonilla e, com um belo gol, garantiu o Brasil na semifinal.

Brasil 2 colombia 0 3PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima quarta-feira, o Brasil vai enfrentar Honduras, às 13h, no Maracanã, pela semifinal olímpica, em busca da segunda final consecutiva, já que em 2012 perdeu para o México e ficou com a prata. A outra semifinal será disputada entre Alemanha e Nigéria, às 16h. Os vencedores se enfrentarão na decisão de sábado, também no Rio de Janeiro.

Fonte: GE