Brasília e Recife são escolhidas como sedes do AmeriCup de Basquete

Reprodução Twitter/Basquete Brasil – CBB

A Federação Internacional de Basquete (FIBA) anunciou nesta terça (18) que as cidades de Brasília e Recife foram escolhidas como as sedes da AmeriCup masculina, principal competição de seleções do basquete das Américas. O Brasil já havia conquistado o direito de sediar o evento em agosto do ano passado e 13 cidades estavam na disputa para receber os jogos. A AmeriCup será realizada de 2 a 11 de setembro deste ano.

O Brasil não é o palco da competição desde 1984, quando inclusive conquistou um de seus quatro títulos. Apenas os Estados Unidos, com sete trofeus em 18 edições, foi campeão mais vezes do que a seleção brasileira.

Em 2022, a AmeriCup contará com doze equipes, que serão divididas em três grupos em sorteio a ser realizado em março: Brasil, Argentina, Estados Unidos, Canadá, México, República Dominicana, Porto Rico, Venezuela, Uruguai, Panamá, Ilhas Virgens e Colômbia.

Em Brasília, o ginásio que receberá os jogos será o Nilson Nelson, enquanto as partidas de Recife acontecerão no ginásio Geraldo Magalhães, o Geraldão. As duas cidades vão dividir as partidas da primeira fase, enquanto os duelos das quartas, semi e final serão todas na capital pernambucana.

A AmeriCup será a primeira grande competição de Gustavo de Conti desde que assumiu a seleção em setembro do ano passado. Até lá, ele terá como compromissos mais duas janelas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2023, na Indonésia, Japão e Filipinas. Os jogos serão no fim de fevereiro e entre o fim de junho e o começo de julho. O Brasil enfrentará Colômbia e Uruguai uma vez em cada janela.