Bronqueado de novo!: Procuradoria da República quer saber de Adail cadê o dinheiro do FNDE

Adail e Doc 2Chegou ao Radar cópia de um ofício enviado pelo Ministério Público Federal (MPF), no dia 16 de fevereiro, ao ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, cassado e preso. No documento, o ex-prefeito é informado que tramita na Procuradoria da República, sediada no município de Tefé, um inquérito civil destinado a “apurar a ausência de prestação de contas referente aos repasses de recursos federais ao município de Coari no âmbito do Termo de Compromisso nº 3735 do Plano de Ações articuladas – PAR”.

Determina a Procuradoria da República que, no prazo de 30m dias, Adail Pinheiro “informe de maneira clara e conclusiva”, se foram adquiridos equipamentos, mobiliários e veículos, objetos do Termo de Compromissado celebrado entre o FNDE e o município de Coari, com vigência de 06/2012 a 08/2014, no valor de mais de R$ 2,2 milhões – você acha que o prefeito vai dar conta de onde foi empregado esse dinheiro, gente? O ofício está assinado pelo Procurador da República, Guilherme Augusto Velmovitsky Van Hombeeck. (Any Margareth) 

Doc Procuradoria da República - Adail

Clique na imagem para ampliar