Câmara Municipal dá início às obras do anexo monitoradas pelo TCE

FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM

A retirada da cobertura do estacionamento e a colocação de tapumes na área sinalizaram o início das obras do anexo da Câmara Municipal de Manaus (CMM). Há uma semana, os trabalhos de demarcação e medição do local para a realização da obra foram iniciados. A obra tem previsão de execução de cinco meses e está sendo acompanhada em tempo real pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), conforme termo firmado entre os dois poderes.

“É um trabalho que teve um ano de estudo e resultará em um prédio com 10 gabinetes. A meta é fazer com que tenhamos espaço para o trabalho dos parlamentares e outros exclusivos para o atendimento à população. Hoje existem gabinetes em vários andares. É uma readequação”, explicou o diretor de engenharia da CMM, Alfredo Vieira.

Após a conclusão da instalação dos tapumes de proteção, a obra chegará à fase de escavação. “A parte inicial foi à retirada das estruturas do

estacionamento. Estamos na fase de colocação dos tapumes e montagem do canteiro de obras. Daí será iniciado o trabalho de escavação e fundação. O terceiro passo do processo é a estrutura de alvenaria e acabamento. Antes, no entanto, ainda teremos a fase dos projetos hidráulicos e estruturais”, detalhou.

Monitorada

A idoneidade da obra foi assegurada ainda em maio deste ano com a assinatura de um Termo de Cooperação Técnica entre a CMM e o Tribunal de Contas do Estado no Amazonas (TCE-AM). No documento, cada ato será aprovado anteriormente e em conjunto entre o corpo técnico da Casa e o Tribunal. Toda a obra, que também inclui adaptações no já existente prédio do Parlamento Municipal, está orçada em R$ 4.553.646,17 milhões.

Fonte: Diretoria de Comunicação da CMM