Câmara Municipal de Manaus lidera ranking de transparência no AM

Foto: Robervaldo Rocha/CMM

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) está liderando o ranking de transparência entre todas as 62 câmaras de vereadores dos municípios do Estado do Amazonas. Anteriormente a Casa Legislativa estava na 49ª posição e agora passou para a primeira posição. Os números são do Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC-AM) e correspondem ao exercício de 2019.

De acordo com os dados publicados no site da instituição estadual, a CMM saiu de uma situação crítica de 12,05% em 2018, para 70,6% no ano passado, o que corresponde a quase nove meses de avanço, sob um nível considerado de mediano para próximo de elevado, de acordo com o quadro divulgado pelo MPC-AM.

O resultado positivo é atribuído ao trabalho de modernização implementado pelo presidente da Câmara, vereador Joelson Silva, que passa por conquistas importantes como a aquisição de equipamentos de última geração, entre os quais o novo painel eletrônico; a implantação da plataforma e-Democracia, sistema que dá mais agilidade à tramitação dos processos legislativos e administrativos; a instalação das rádios e tv Câmara, com sistemas digitais; entre outros.

“No momento em que recebemos a Câmara, fomos surpreendidos com o fato de que éramos apenas o número 49, no quesito transparência. Evidentemente, todos nós, como equipe, tomamos isso como parâmetro e um grande desafio, para colocarmos a CMM entre, pelo menos, as cinco melhores no ano passado. Conseguimos um feito melhor do que imaginávamos, aparecendo agora na segunda avaliação pelo MPC, como a Câmara mais transparente do Estado do Amazonas. Isso é reflexo e fruto do trabalho em conjunto dos servidores. Queremos uma Câmara mais transparente e mais próxima do povo”, destacou Joelson Silva.

Dentro dos critérios delineados para obtenção do ranking, a Câmara de Manaus conseguiu atender, principalmente, os relacionados às despesas, receitas, contratos, licitações, dispensas, relatórios de gestão fiscal, serviço de informação ao cidadão físico e eletrônico e acessibilidade.

(*) Com informações da CMM