Câmeras mostram violência durante assalto a loja de Curitiba

 

As câmeras de segurança de uma loja de material de construção, em Curitiba, flagraram o momento em que três homens entram no local e dão voz de assalto. Apesar dos funcionários não reagirem, os suspeitos os ameaçam com armas de fogo e faca. Um dos funcionários chegou a ser agredido com uma caixa. O crime ocorreu na segunda-feira (6) e foi o segundo deste tipo em 20 dias. Desde janeiro de 2013, segundo os proprietários, o comércio foi assaltado três vezes. Até a manhã desta quarta-feira (8) ninguém havia sido preso.

As imagens mostram que os três assaltantes estão armados. Eles renderam os funcionários e anunciaram o assalto. “Mãos pra cima, mãos pra cima”. Em busca de dinheiro, um dos suspeitos chuta um funcionário. Em seguida, o grupo entra no escritório, onde ocorreram mais agressões. Um funcionário que chorava foi ameaçado com uma arma e depois com uma faca.

O assalto durou cerca de dez minutos, porém, para as vítimas a sensação foi de que a ação foi mais longa. “Parecia que eram umas duas horas, na verdade. A gente dava Graças a Deus que eles fossem embora. Porque levar mercadoria, o dinheiro, a gente falava leva e some. Mas a preocupação era de que viesse machucar alguém”, contou um dos funcionários que preferiu não se identificar. “Fica que a gente não tem valor nenhum. Está abandonado”.

Rodrigo Silva, delegado adjunto da Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba, afirmou que a polícia está empenhada para solucionar o caso. “O que estiver dentro do alcance da Polícia Civil para resolver o caso e prender o cidadão nós vamos fazer. E pode ter certeza que nós fazemos muito além das condições que nos são dadas”, afirmou o delegado.

Fonte: G1