Campanha arrecada aparelhos eletrônicos para alunos sem acesso as aulas em casa

Foto: Divulgação Semed

Para sensibilizar os servidores, parceiros e a sociedade em geral e arrecadar através de doações aparelhos eletrônicos em boas condições de uso para alunos da rede municipal com dificuldades de acesso ao projeto “Aula em Casa”, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) lançou uma campanha “Nem um a menos: solidariedade que acessa a educação”.

A ação é coordenada pelas Ocas do Conhecimento e Departamento de Gestão Educacional (Dege) e pretende receber doações de TVs, computadores, tablets, notebooks, celulares e conversores de TV digital, que possam ser usados pelos alunos que não conseguiram acompanhar as aulas virtuais, mas tiveram reforço em atividades com outras alternativas.

As doações serão recebidas na sede da Semed, na avenida Mário Ypiranga Monteiro, Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira, até dia 30 de novembro. As entregas para os alunos, de acordo com a arrecadação, acontecerão quinzenalmente. A previsão é que a primeira seja realizada no dia 31 deste mês.

“Esses equipamentos serão doados para alunos carentes, tendo em vista a necessidade de acesso à educação por meio da tecnologia. A intenção é não deixar ninguém para trás, por isso a campanha se chama ‘Nem um a menos’, porque queremos garantir que todos os alunos tenham acesso ao Aula em Casa”, explicou a subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Araújo.

Além da doação de pessoa física, o projeto conta também com o apoio de outros parceiros. “As Ocas atuam na área de educação ambiental e também estão realizando atividades nesse momento de isolamento social. A ideia surgiu depois que sentimos falta de alguns dos nossos alunos durante as atividades online. Nos reunimos, montamos a campanha e mobilizamos parceiros para nos ajudar a conseguir mais doações”, informou Gina Gama, responsável pela coordenadoria das Ocas.

Um dos parceiros da campanha é o Instituto Soka, que já atua em diversas questões ambientais, com a Semed.

“Esse projeto une força de vontade de quem vai doar, com a necessidade de quem está precisando. Educação de qualidade é um dos objetivos de desenvolvimento sustentável estabelecidos pela ONU e é onde nos baseamos para estabelecer as nossas ações. Acreditamos que a educação é a principal ferramenta de transformação do indivíduo e do mundo, principalmente em momentos difíceis como o que estamos vivendo atualmente com essa pandemia, por isso o instituto vai apoiar divulgando a campanha entre os nossos parceiros e internamente também”, pontuou a coordenadora de Projetos Ambientais do Instituto, Tais Tokusato.