Campanha “Manaus no combate à Sífilis” inicia nesta segunda-feira (15)

Para reforçar as ações de combate à sífilis, a Prefeitura de Manaus dará início, nesta segunda-feira (15), a campanha “Manaus no combate à sífilis” com a intensificação da testagem rápida para o diagnóstico precoce e de orientações do uso correto e regular do preservativo como medida de prevenção da doença e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

As ações serão realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) até o dia 20 deste mês em todas as Unidades de Saúde.

“A prevenção com a utilização do preservativo é essencial no controle da doença, assim como o diagnóstico precoce que vai permitir o tratamento e a cura do paciente. É extremamente importante que seja feito o diagnóstico o quanto antes, para evitar sequelas e o agravamento da doença”, disse o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Dados do Sistema de Notificação de Agravos do Ministério da Saúde (Sinan) apontam que o Amazonas notificou no ano passado 851 casos de sífilis congênita, quando a gestante transmite a doença para o bebê durante a gestação, 1.093 casos de sífilis adquirida e 1.402 casos de sífilis em gestantes. Já no primeiro semestre de 2018, foram 453 casos de sífilis adquirida, 631 em gestantes e 327 de sífilis congênita.

Para evitar a sífilis congênita, a Semsa investe na ampliação da oferta do teste rápido para a doença, preferencialmente, na primeira consulta do pré-natal, com acompanhamento em toda a gestação.

A Secretaria oferece, ainda, a testagem rápida para sífilis, HIV e hepatites B e C em 145 Unidades de Saúde, inclusive em Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs). As UBSs também disponibilizam preservativos gratuitamente na rotina diária dos serviços.