Cantora da banda Mastruz com Leite diz ter sido assediada por colega do grupo

Reprodução- redes sociais

Larissa Ferreira, vocalista da banda de forró Mastruz com Leite, afirmou ter sido assediada por um integrante do grupo. O nome do acusado não foi divulgado. A cantora fez a revelação nesta terça (4), em uma série de vídeos publicados no Stories do Instagram.

Em comunicado, a banda Mastruz com Leite disse que está tomando as providências em relação ao músico e que apoia a cantora.
Ferreira afirmou que a situação aconteceu na última semana de dezembro quando ela e o marido, Jean Batera, baterista no grupo, hospedaram o homem na casa deles após um jantar com os membros do grupo. “Se não me engano foi uma hora da manhã que a gente foi dormir e esse homem ficou no nosso quarto. Já começa errado por aí. Ele ficou na redinha da minha filha, deitado no nosso quarto, sendo que era para a pessoa ter tido coerência, já que aqui tem mais dois quartos”, disse.

Na sequência, Larissa disse que o casal dormiu e que ela foi acordada ao sentir uma pessoa tocando no seu corpo. “Beijando o meu rosto, me cheirando. E a pessoa estava segurando a minha mão nas partes íntimas dela. Este homem fez isso comigo. Eu estava deitada na minha cama, no meu quarto, o meu marido do lado, e a pessoa estava me assediando, um companheiro de trabalho.”

Ela falou que na hora se mexeu, mas não abriu o olho em nenhum momento nem falou nada com medo de uma reação explosiva do marido. “Porque eu sabia que se eu fizesse alarde, o Jean ia matar esse homem aqui dentro de casa […] Só me mexi rápido e percebi que ele saiu de perto”, disse.

Larissa contou que bateu na cabeça de Jean três vezes para acordá-lo e pediu para ele colocá-la debaixo dos seus braços, o que foi feito pelo marido. No resto da noite, a cantora disse que ficou calada, esperando o homem sair do quarto.

Nos dias seguintes, a cantora afirmou ter se sentido muito mal por não saber como falar do ocorrido com o marido. Ela acrescentou que está com crise de ansiedade. “Eu fiquei só pensando se eu ia dizer isso para Jean ou não. Não sabia se ele ia me entender, se ia tirar satisfação. Só sei que fiquei com uma crise grande de ansiedade, passei a semana todinha vomitando”, disse Larissa, chorando.

Ela decidiu contar para o marido e para os responsáveis pela banda, que a apoiaram. “Nenhuma mulher tem culpa de ser abusada. Foi muita covardia, eu estava dormindo”, disse. Ela completou que fez o desabafo como forma de alertar e encorajar outras mulheres a denunciarem situações de abuso.

“Eu estava com uma roupa normal. Mesmo que eu estivesse nua, eu estava na minha cama com meu marido. Ninguém tem direito de tocar em mim, ninguém tem direito de tocar em nenhuma mulher, se ela não deixar”, disse.

Horas depois do relato nas redes sociais, Larissa voltou a se pronunciar para agradecer as mensagens de carinho e apoio que está recebendo dos fãs.

Em comunicado divulgado no Instagram, a banda Mastruz com Leite diz que está “tomando as medidas quanto ao músico e providenciado apoio à cantora”.

“A Banda Mastruz Com Leite reforça que repudia toda e qualquer forma de abuso contra mulheres, seja físico, psicológico ou sexual. Seguimos dando assistência e oferecendo suporte para Larissa”.