Caos e desespero em Iranduba: Sem luz elétrica, moradores ateiam fogo em frente à Prefeitura (ver vídeo)

Moradores do município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus) fizeram uma manifestação em frente à Prefeitura da cidade, na noite desta segunda-feira (22), para protestar contra a falta de energia, que já dura quatro dias. Os manifestantes atearam fogo em pneus e pedaços de madeira em frente ao local.

Em Manacapuru (a 106 quilômetros de Manaus), a situação é a mesma. Os moradores estão sem energia elétrica a quase quatro dias.

De acordo com informações, a situação está acarretando em muitos assaltos e prejuízos para a população, além de empresários de gêneros alimentícios e laboratório. Ainda segundo os moradores, estão ocorrendo muitos assaltos nos ramais por conta da falta de energia elétrica.

No último domingo (21), alguns moradores fecharam a estrada Manoel Urbano, que fica após a Ponte do Rio Negro, nos dois sentidos, em protesto pela falta de energia elétrica desde sexta-feira (19) na cidade.

Os manifestantes atearam fogo em pneus, paletes e paus no meio da estrada que liga Manaus a Iranduba e Manacapuru, deixando o trânsito parado no local.

Medidas

Na tarde dessa segunda-feira (22), uma força-tarefa composta pela Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), em parceria com a Comissão do Consumidor da Assembleia Legislativa (CDC/Aleam), Ministério Público (MP) e Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor do Estado do Amazonas (Procon-AM), cobrou medidas emergenciais da Amazonas Energia para solucionar o “apagão” de 4 dias nos municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão.