Capital paulista detecta o terceiro caso de subvariante da Ômicron

Subvariante da Ômicron já está em 57 países, segundo a OMS
MARCELO PEREIRA/ PREFEITURA DE SÃO PAULO – 27/05/2021

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo identificou  mais um caso da sublinhagem BA.2 da variante Ômicron no município, considerada ainda mais transmissível por cientistas.

O novo caso foi constatado em um homem de 45 anos que reside em Ferraz de Vasconcelos. Ele foi atendido pelo sistema de saúde da cidade de São Paulo, e a subvariante foi identificada a partir da análise genômica do coronavírus, em parceria com o Instituto Butantan.

O homem já havia recebido três doses da vacina contra a Covid-19, mas começou a sentir os primeiros sintomas no dia 30 de janeiro. Ele cumpriu quarentena de 14 dias e se recuperou sem sequelas.

A sublinhagem foi identificada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) no início de dezembro. A cepa tem cerca de 40 mutações em relação à variante BA.1, o que a torna ainda mais transmissível e mais agressiva, segundo estudos preliminares.