Caprichoso lança campanha para reabertura da Escola de Artes

quero-minha-escola-de-volta-capa

“Quero minha escola de volta”. Esta é a campanha para o resgate do projeto social Escola de Artes Irmão Miguel de Pascalle, lançada pelo presidente da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso, Babá Tupinambá, e vice-presidente, Jender Lobato, durante coletiva de imprensa no curral Zeca Xibelão para anúncio da Diretoria Executiva, na noite de terça-feira, 13. Outra novidade apresentada foi o decreto de perdão das dívidas dos sócios até o mês de julho deste ano.

Com anuência do Conselho Fiscal, o presidente do Boi Caprichoso, Babá Tupinambá, decretou a anistia do pagamento das mensalidades aos sócios e anunciou que, de agosto a dezembro de 2016, o valor cobrado será de R$ 10,00 a parcela. O pagamento será efetuado, por meio, dos carnês de mensalidade dos sócios no centro sociocultural Boi Caprichoso na Avenida Amazonas (Centro) em Parintins e na Avenida Darcy Vargas, número 607, em frente a Peixaria Amazônico. Os dirigentes azulados pretendem reabrir a “Escolinha de Artes” no início do ano letivo 2017, com funcionamento nos três turnos.

O presidente do Boi Caprichoso afirmou que a campanha “Quero minha escola de volta” vai ser amplamente divulgada nos canais de comunicação da associação cultural e em outros meios. Assim como os recursos de pagamentos das mensalidades dos sócios de agosto a dezembro serão aplicados na reestruturação do projeto social do Caprichoso, muitos torcedores (não associados) demonstraram interesse em colaborar.

A campanha “Quero minha escola de volta” foi lançada na página oficial Boi Caprichoso no Facebook e a nação azulada pode doar qualquer valor, a partir de R$ 5,00, para ser um ‘tijolo’ na reconstrução do projeto da Fundação Boi-Bumbá Caprichoso. Quem tiver interesse em fazer doação para a reabertura da Escola de Artes Irmão Miguel de Pascalle, pode depositar o dinheiro na conta 0013447-3, agência 3703-6, Banco Bradesco.

Foto: Katiuscia Ferreira