Carauari terá novas eleições para prefeito por determinação do TRE

GE DIGITAL CAMERA

O desembargador João Mauro Bessa, corregedor e presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, determinou a realização de nova eleição no município de Carauari, onde o prefeito Francisco Costa dos Santos, o “Chico Costa” e sua vice Suzy Barros de Lima, foram cassados pelo Pleno do TRE-Am, ano passado por abuso de poder político nas eleições de 2012.

Com a determinação de Mauro Bessa para realização de nova eleição, o presidente da Câmara Municipal de Carauari, terá de assumir imediatamente a administração do município até que o Pleno do Tribunal, decida o dia para as novas eleições.

Em sua denúncia o Ministério Público Eleitoral diz que o então candidato à prefeitura de Carauari distribuiu 800 mil litros de gasolina para eleitores durante a campanha eleitoral em 2012. A distribuição ocorreu de forma genérica “sem qualquer vínculo com participação em carreata política de cabos eleitorais”, citou o órgão ministerial.

De acordo com o advogado do ex-prefeito Bruno Ramalho, Cristian Mendes, apesar do tempo que aguardavam a decisão da Corte, ela ocorreu assim que chegou no TRE-Am, em tempo recorde.

“A demora mesmo ocorreu no primeiro grau. Mas como sempre confiamos na Justiça, a decisão sai em boa hora”, disse Cristian, que garantiu que irá a Carauari, acompanhar seu cliente Bruno Ramalho, que disputará as eleições. “Assim como vou fiscalizar o adversário, fiscalizo também meu cliente para evitar que ele cometa erros e possa ser cassado como Chico Costa foi agora”, acrescentou.

Cumprimento de Acordão