CAS aprova R$ 1,9 bilhão em investimentos no Polo Industrial

A 284ª reunião do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS), aprovou 45 projetos de implantação, atualização, diversificação e ampliação em valores estimados de R$ 907,7 milhões em investimentos fixos. Os novos projetos têm investimentos totais de R$ 1,9 bilhão com projeção de gerar mais de 1,7 mil novos empregos em até três ano. A reunião aconteceu nesta quinta-feira (9), na sede da Suframa.

Dos projetos aprovados, dez de implantação e 35 de ampliação, diversificação e/ou atual. Entre os dez primeiros projetos, um dos principais destaques é o da empresa Amazonbiodiesel Indústria e Comércio de Óleos Vegetais da Amazônia, visando à fabricação de biodiesel, com investimento fixo de R$ 1,96 milhão.

Outros destaques são as iniciativas da empresa Verde Bike da Amazônia Indústria e Comércio de Bicicletas, que pretende investir aproximadamente R$ 300 mil na fabricação de bicicletas elétricas (ciclo-elétricos), e da empresa D Melo de Souza Helitec Construção e Comércio de Embarcações Eireli, com investimento fixo de R$ 1,83 milhão para produção de estruturas flutuantes (balsas para transporte) e barcos para empurrar outras embarcações.

Já os projetos de ampliação, atualização e diversificação, por sua vez, tiveram como principais destaques as proposições das empresas I-Sheng Brasil Indústria e Comércio de Componentes Eletrônicos, para produção de fios e cabos com conectores e cabos de força, com investimento fixo de aproximadamente R$ 2 milhões.

Na mesma linha de projetos, a DMN Estaleiro da Amazônia, planeja investir aproximadamente R$ 800 mil na construção de estruturas flutuantes (balsas para transporte) e barcos para empurrar outras embarcações.