Casos de malária caem mais de 50% no Amazonas em janeiro, aponta FVS

Divulgação

No primeiro mês deste ano, o número de casos notificados de malária caíram mais da metade no Amazonas, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Estado (FVS-AM). De acordo com os dados do Boletim Epidemiológico de Malária, divulgados nessa sexta-feira (8), foram registrados 3.439 casos da doença contra 7.682 casos registrados no mesmo período de 2018. O resultado representa uma redução de 55%.

O boletim também aponta que os municípios que alcançaram os melhores resultados foram: Itacoatiara, com redução 94% (168 casos em 2018 e 10 casos em 2019); Santa Izabel do Rio Negro, com 86% (574 casos em 2018 e 79 casos em 2019); e Guajará, com 82% (420 casos em 2018 e 73 casos em  2019).

O município de São Gabriel da Cachoeira, que foi o responsável pela maior incidência no Amazonas, apresentou a redução de 56,03%, com 733 casos em janeiro de 2019 contra 1.667 casos notificados no ano passado. Manaus também apresenta redução importante de 35% este ano, com 682 casos notificados em 2019 contra 1.063 casos notificados no primeiro mês de 2018, informa a FVS-AM.

Com informações da assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (Susam).