Casos suspeitos de sarampo diminuem em Manaus

Dados levantados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) apontam que de fevereiro a julho deste ano foram notificados 68% casos suspeitos de sarampo em Manaus. Em agosto, apenas 25,63% de casos suspeitos foram registrados.

“Esses números mostram que a taxa de notificação de casos suspeitos vem tendo uma redução ao longo das semanas. Isso significa que menos pessoas com sintomas de sarampo têm procurado atendimento nas Unidades de Saúde. É um cenário que indica sustentabilidade na redução semanal nas notificações e que Manaus está caminhando para o fim do surto de sarampo”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Os dados foram apresentados nesta terça-feira (16), na reunião quinzenal da Sala de Situação de Vigilância em Saúde, e demonstram a tendência contínua na redução do número de notificações, que incluem os casos suspeitos, descartados e confirmados da doença.

Do total de 8.169 notificações de casos de sarampo em Manaus, registradas desde fevereiro, apenas 4,61% foram notificadas no mês de setembro.

De acordo com o 32º Informe Epidemiológico de Monitoramento de Casos de Sarampo, Manaus tem 6.572 casos em investigação (aguardando resultado laboratorial), 482 descartados e 1.115 casos confirmados, totalizando 8.169 notificações registradas desde o mês de fevereiro.

Segundo Marcelo Magaldi, o Informe divulgado nesta semana aponta 61 novos casos notificados, contra 124 novas notificações na semana anterior.

Com o surto de sarampo em Manaus, a Prefeitura de Manaus montou uma série de estratégias para reforçar a vacinação contra a doença na faixa etária de seis meses a 49 anos. No total, foram administradas de 783.465 doses de vacina entre a população.

Além da Campanha Municipal contra o Sarampo, a Prefeitura de Manaus desenvolveu ações de varredura de casa em casa nos bairros com maior número de notificações da doença, intensificação vacinal em pontos estratégicos, ações de saúde para a prevenção em comunidades mais suscetíveis, reforço nas ações de rotina nas 183 salas de vacina no município.