Cetam e Inpa iniciam diálogo para fortalecer empreendimentos inovadores

Com intuito de criar uma parceria para fortalecer empreendimentos inovadores de base tecnológica (startups), o diretor-presidente do Cetam (Centro de Educação Tecnológica do Amazonas) e a coordenadora de Extensão Tecnológica e Inovação do Inpa Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia) se reuniram nessa terça-feira (13) para primeiro diálogo. O objetivo é proporcionar suporte, por meio de qualificação, para o acompanhamento e desenvolvimento de startups já abrigadas pela Incubadora, até que as empresas cheguem ao mercado e se tornem empreendimentos inovadores de sucesso.

O diretor-presidente do Cetam destacou que o objetivo do primeiro contato foi alcançado com sucesso. “Agora vamos ver os próximos passos para apoiar efetivamente as ações, seja com qualificação ou apoio em outras atividades, que possam gerar valor e desenvolvimento socioeconômico ao Estado”, disse José Augusto.

Uma das propostas é que o Cetam componha a programação de capacitação dos novos empreendedores, oferendo cursos, de curta duração, dentro do eixo tecnológico, em áreas como a Bioeconomia. “Além de conversar com o Inpa, o Cetam estará dialogando com a Amoci, que é o Arranjo de Núcleos de Inovação Tecnológica, composto por 16 entidades, que disseminam boas práticas de gestão, isso vai dar um alcance de resultados muito maior”, afirmou a coordenadora de Extensão, Noélia Falcão.

A Incubadora do Inpa tem como objetivo incentivar o empreendedorismo na Amazônia, com foco na Biodiversidade, Dinâmica Ambiental, Tecnologia e Inovação, e Sociedade, Ambiente e Saúde.