Chico Preto cobra que saia do papel a Lei 192/2014 que trata da atividade dos bombeiro civis

audiência bombeiros civis

O deputado estadual Marco Antônio Chico Preto (PMN/AM) realizou na segunda-feira, 02, uma audiência pública com os representantes dos bombeiros civis e do comércio para discutir quais as medidas necessárias para tirar do papel a Lei 192/2014, de sua autoria, que regulamenta as atividades desses profissionais no Amazonas, e apontou a necessidade da Secretaria de Segurança assumir a responsabilidade que lhe cabe.

Durante o encontro, realizado no auditório João Bosco, o deputado Chico Preto lembrou que os bombeiros militares desempenham um bom trabalho no que diz respeito ao combate aos sinistros registrados, mas ainda é preciso criar o cenário, a consciência da prevenção aos incêndios e consolidar os procedimentos ausentes.

Chico Preto lembrou, ainda, que a criação dos parâmetros necessários à efetivação da Lei 192/2014 passa pelo compromisso do Governo do Estado, do sindicato dos bombeiros civis e dos representantes das indústrias de do comércio.

De acordo com a avaliação dos profissionais da área, a efetivação da lei passa, necessariamente, pela criação imediata, por parte dos Bombeiros, da Comissão Especial de Avaliação, e dos conselhos federal e estadual da categoria, para fiscalizar, por exemplo, os parâmetros de capacitação profissional e disciplinar a atividade.

“Depois da aprovação dessa lei, ainda temos muito o que avançar. Mas, vamos  continuar trabalhando para que o sistema de prevenção se aperfeiçoe cada vez mais”, afirmou, lembrando que os bombeiros civis podem prestar relevantes serviços à população, particularmente no que diz respeito à prevenção.