Chico Preto propõe planejamento para combater falta de energia e internet no interior

chico preto 12345678

Depois de visitar Itacoatiara na quarta-feira, 24, onde constatou as dificuldades enfrentadas pela população, diante do racionamento de energia elétrica e da falta de acesso à internet, o deputado estadual Marco Antônio Chico Preto (PMN) propôs na quinta, 25, a adoção de medidas para solucionar o problema na região do Baixo Amazonas, por meio da utilização do Linhão de Tucuruí.

Em breve pronunciamento na Assembleia Legislativa do Estado (ALEAM), Chico Preto lembrou ser praticamente impossível se pensar em qualquer projeto de promoção de desenvolvimento e de integração regional sem solucionar o problema do fornecimento de energia elétrica e de acesso seguro e confiável à internet.

“O Governo do Amazonas precisa ter olhos para o futuro e cobrar do Governo Federal o desenvolvimento de ações com a iniciativa privada, dentro do Plano Nacional de Banda Larga, para integrar Itacoatiara e dinamizar o seu desenvolvimento sustentável”, disse ele, destacando não ser mais possível ver bairros inteiros em Itacoatiara sem energia elétrica, por falta de produção, “enquanto o linhão de Tucuruí passa na ilharga do município”.

Chico Preto lembrou, ainda, que a região do Baixo Amazonas, a exemplo de Itacoatiara, “padece há 12 anos com apagões, intermitência de energia e quedas de luz que geram prejuízos variados à população, danificando eletrodomésticos e comprometendo serviços variados”.

Ao finalizar o seu discurso, Chico Preto disse que o governo precisa sair do seu imobilismo e traçar um plano de desenvolvimento para os próximos 50 anos, capaz de atender as reais necessidades de desenvolvimento e de integração de um estado como o Amazonas.

“Essa falta de visão de longo prazo e de planejamento estratégico precisa acabar. Quantos anos mais essas cidades do Baixo Amazonas vão esperar  pelas ações do governo federal para terem direito à integração e desenvolvimento?”, questionou.