Chico Preto quer saber porque Governo contratou sem licitação universidade mineira para treinamento na SEDUC e não a UEA ou UFAM

CHICO-PRETO-PMN-EGM-5-572x381

O deputado estadual Chico Preto (PMN) pediu esclarecimentos nesta manhã de quarta-feira, 15, na tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM) sobre a dispensa de licitação e contratação da Universidade Federal de Juiz de Fora para oferecer curso de qualificação para os quadros da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino do Estado do Amazonas (SEDUC).

O parlamentar levou à tribuna o questionamento sobre a decisão da dispensa de licitação pelo Estado do Amazonas e lembrou que o artigo 24, inciso XIII da Constituição possibilita a dispensa de licitação por notória dispensabilidade na contratação de instituição brasileira incumbida regimental ou estatutariamente da pesquisa, do ensino ou do desenvolvimento institucional.

“É uma situação que atinge aos professores da Universidade do Estado do Amazonas, peço esclarecimentos de que o governo justifique a contratação da Universidade de Juiz de Fora ao invés da UEA ou da UFAM. Lembrando que isso é um péssimo exemplo, um exemplo que desestimula e que não favorece o fortalecimento das instituições do Estado do Amazonas”, destacou.

Chico pediu a justificativa e quer saber qual especificidade de conhecimento a Universidade do Estado do Amazonas ou a Universidade Federal do Amazonas não detém para que justifique a contratação de uma universidade de fora do Estado e lembrou que a Universidade do Estado do Amazonas é a maior universidade multicampi no Brasil.

“Não sei qual a especificidade que dispensou a UEA para prestar essa qualificação, salvo pela especificidade de um conhecimento pela UEA ou a UFAM não deterem é um erro estratégico o Estado buscar algo de fora sabendo que aqui no Amazonas temos profissionais de alta capacidade. São quase cinco milhões de reais para buscar e contratar uma universidade mineira para prestar um curso de qualificação para professores ou servidores”, disse o deputado estadual Chico Preto.

Dia dos professores

O parlamentar cumprimentou e dedicou suas primeiras palavras para parabenizar os professores pela data em que é comemorado o dia dos professores, 15 de outubro, e lembrou que diversas vezes estes profissionais da educação precisam enfrentar uma série de adversidades para exercer a profissão.

“As primeiras palavras serão de cumprimento e de agradecimento a todos os professores que enfrentam situações adversas todo dia”, lembrou o parlamentar.