Chico Preto quer ver jovens saindo das escolas com uma profissão e preparados para o trabalho

chico preto e os jovens

O candidato do Partido da Mobilização Nacional (PMN) ao Governo do Amazonas, deputado estadual Marco Antônio Chico Preto, quer ver o jovem amazonense saindo da escola, tanto da capital quanto do interior, com uma profissão e preparado para encarar os desafios do cada vez mais exigente mercado de trabalho.

Durante bate papo com estudantes, na tarde da quarta-feira, 30, Chico Preto apontou como uma necessidade a implantação da formação técnica profissionalizante nos dois últimos anos do ensino médio, explicou o seu plano de governo e deixou claro que a área da educação vai ser considerada prioridade no seu governo.

“O Amazonas merece mais e nós vamos fazer o Amazonas funcionar com mais eficiência, transparência e ousadia, preparando os nossos jovens para o futuro”, disse ele. “A escola pública que nós queremos vai entregar um diploma ao fim do ensino médio e dará, também, uma profissão aos nossos jovens”, afirmou.

Chico Preto disse, ainda, que vai desenvolver ações para que o jovem passe a ocupar o seu tempo aprendendo a ser cidadão, praticando atividades esportivas e se capacitando para conquistar uma profissão e poder enfrentar os desafios da vida.

Metas

Chico Preto disse, ainda, que quer ser governador para tomar as decisões necessárias à transformação do estado e destacou, entre as metas propostas à área da educação, a ampliação do ensino de tempo integral a toda a rede estadual, e o reconhecimento, por meio de ações concretas, das carreiras dos profissionais, com a oferta de melhores salários.

“Vamos procurar incentivar todos os profissionais, para que eles possam desempenhar, com orgulho e dignidade, o seu papel em nossa sociedade”, afirmou, adiantando que defende uma escola que ensine, desde os primeiros anos do ensino fundamental, valores e noções de direitos, trânsito e cidadania.

Chico Preto disse, ainda, que pretende transformar as escolas amazonenses no principal ponto de apoio às famílias e de promoção da cidadania, reunindo os pais em torno de um projeto transformador.

“O nosso pacto é pela família e pela vida”, completou, lembrando que a educação é um importante instrumento de transformação social.