Chuck Norris processa empresa que o mostra com disfunção erétil


Chuck Norris está processando uma empresa que usou seu nome e imagem para promover pílulas contra impotência sexual masculina. De acordo com o TMZ, a esposa de Chuck, Gena Gena O’Kelley, descobriu os anúncios on-line em junho. Uma das propagandas apresentava o título “Um fim trágico para Chuck Norris”.

Ao clicar no anúncio, o usuário era direcionado para um site falso da Fox News com a manchete “Big Pharma indignada com o novo produto de disfunção erétil de Norris… Chuck rebate com isso!”. O site afirma que o ator disse ter “se curado” disfunção erétil no programa “Dr. Phil Show”.

Chuck acusa a empresa de usar seu nome sem autorização e afirma que as informações colocadas no anúncio são fake news.

Esta não é a primeira vez que ele processa uma empresa. Em 2017, o ator revelou que desistiu de sua carreira no cinema para ajudar em uma campanha de Gena contra os exames de ressonância magnética. O casal acredita que substâncias liberadas no procedimento a qual ela se submeteu lhe envenenaram.