Cinco pessoas são investigadas por crime ambiental na Vila de Paricatuba

Foto: Divulgação/PC-AM

Após denuncias de desmatamento e crime ambiental em área de preservação, cinco pessoas foram intimadas nessa sexta-feira (28) e seguirão investigadas pela Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema). A ação aconteceu na Vila de Paricatuba, localizada no município de Iranduba (distante a 27 quilômetros da capital amazonense).

Além das denúncias de desmatamento, conforme a especializada, foi constatado crimes na região da Praia da Bica, incluindo a derrubada de buritizais e construção em áreas não edificáveis, em uma Área de Preservação Permanente (APP).

Segundo a titular da Dema, delegada Carla Biaggi, uma das denúncias foi feita via Gabinete de Gestão Integrada (GGI), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

“Nós recebemos duas denúncias. No entorno das ruínas, estivemos no local e agora investigamos se há um desmatamento criminoso ou se houve queimada acidental das árvores”, disse Biaggi.

Foto: Divulgação/PC-AM

As equipes estiveram também na Praia da Bica. “No local estão derrubando buritizais, o que é proibido, pois são árvores protegidas por lei. Verificamos que houve a derrubada de forma criminosa. Além disso, estão construindo em local inapropriado, em uma APP, onde não é permitido qualquer tipo de intervenção humana” explicou a delegada.

As edificações estão sendo levantadas para servirem de estabelecimentos comerciais, como balneários e restaurantes. Após o laudo pericial, a Especializada poderá ter a dimensão do dano causado ao meio ambiente. “Notificamos cinco pessoas e vamos continuar investigando para encontrar os causadores do desmatamento”, afirmou Biaggi.

Quem tiver denúncias que ajudem o trabalho policial pode ligar para o 181, o disque-denúncia da SSP, de forma sigilosa.

*Com informações da assessoria.