Anúncio

Cine Casarão estreia filme sobre ditadura na América Latina

Um dos períodos mais obscuros na história da América Latina, a ditadura uruguaia é o tema do filme “Uma Noite de 12 Anos”, a estreia da semana no Cine Casarão, no Centro da cidade. As sessões do longa acontecem nesta quinta-feira (11), às 20h, sábado (13) e no domingo (14), exclusivamente às 19h. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

O longa, dirigido por Álvaro Brechner, revisita o período mais difícil no aprendizado político de José “Pepe” Mujica e de dois companheiros, Mauricio Rosencof e Eleuterio Fernández Huidobro, que tentaram retomar o poder pela força durante o período ditatorial. A história acompanha a trajetória dos três homens, que são capturados e submetidos a experimentos pelo governo repressor com o objetivo de levá-los à loucura.

Djon África

Outro lançamento da semana no Cine Casarão é “Djon África”, filme português que conta a história de Miguel “Tibars” Moreira, mais conhecido como Djon África, filho de cabo-verdianos, que nasceu e cresceu em Portugal. Sem jamais ter conhecido seu pai, acaba descobrindo que ele mora em Tarrafal, e decide se aventurar no além-mar, mesmo sem muitas pistas, à sua procura.

O filme ficará em cartaz nas sessões de quinta, 11, às 16h30, na sexta, 12, às 18h10, no sábado, 13, às 16h30 e, no domingo, 14, às 17h.

Últimos dias

Ainda nesta semana, será possível assistir às últimas exibições do documentário “Hilda Hilst Pede Contato”. No longa, a poetisa paulista, falecida em 2004, e uma das mais importantes vozes da literatura brasileira, volta para a Casa do Sol, chácara onde vivia em Campinas, e convida intelectuais, pensadores, poetas e amigos para um encontro com o objetivo de estabelecer contato entre os vivos e os mortos.

O documentário mistura diferentes estilos narrativos, ficção com realidade e, de forma não-linear, explora o cerne do pensamento hilstiano e diferentes elementos da obra da autora.

Com informações da assessoria de imprensa