Cineasta Roberto Kahane apresenta documentários sobre a Zona Franca de Manaus

blank

Foto: Michael Dantas

No próximo sábado (17), a partir das 18h, o cineasta Roberto Kahane exibirá um documentário “Três Décadas da Zona Franca de Manaus, no Cineteatro Guarany, Vila Ninita, anexo ao Palácio Rio Negro, localizado av. Sete de Setembro, 1546, Centro.

O evento, promovido pelo Governo da Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, é gratuito e tem agendamento pelo Portal da Cultura (bit.ly/zfmdocs30).

O espaço funciona com 50% da capacidade, com poltronas separadas, totens de álcool em gel e aferição de temperatura na entrada, conforme as normas de segurança e prevenção contra a Covid-19. O uso de máscara é obrigatório.

Segundo o cineasta, os documentários mostram a história de desenvolvimento da Zona Franca de Manaus, desde as primeiras fábricas instaladas na capital até a evolução tecnológica dos produtos.

“São registros históricos da Zona Franca nos anos 70, 80 e 90. O público poderá ver o desenvolvimento tecnológico, indo da produção de toca-discos até videocassetes, o surgimento das primeiras fábricas no Centro, antes da construção do Distrito Industrial e ver uma época onde pessoas de todo o Brasil vinham a Manaus para comprar”, ressalta Kahane.

A exibição terá cerca de uma hora de duração e, logo após o término dos filmes, Kahane conversará com o público sobre os bastidores das obras.

“Conversarei brevemente com o público sobre os bastidores e a história das obras. Um detalhe curioso é que os originais de 35mm se perderam, mas como eu tirava cópias para mim, de 16mm, consegui recuperar os filmes. Não estão na melhor qualidade, mas mostram um panorama interessantíssimo da história comercial de Manaus”, conta o cineasta.

(*) Informações Assessoria