Anúncio Advertisement

Clássico em SP: Timão apresenta reforços e Peixe terá Sampaoli

Reprodução/internet

A temporada 2019 começa neste domingo (13) para Corinthians e Santos. Os rivais alvinegros estreiam no ano em amistoso na arena do Timão, às 17h30 (de Brasília). O vencedor ficará com o troféu Gylmar dos Santos Neves, em homenagem ao ex-goleiro, que atuou pelos dois clubes.

A partida terá transmissão ao vivo do SporTV, e tempo real com vídeos no GloboEsporte.com.

O clássico marcará o retorno de Fábio Carille ao comando do Corinthians e a estreia do argentino Jorge Sampaoli à frente do Peixe.

O Timão aproveitará o jogo para apresentar alguns reforços para a torcida, como Ramiro, Sornoza, Richard, entre outros. Já o Peixe, que contratou apenas o meia venezuelano Soteldo, vai a campo com a base do ano passado e algumas jovens apostas.

Em caso de empate, o campeão será o time que recebeu menos cartões. Se a igualdade persistir, fica com a taça quem tiver cometido menos faltas.

Antes da partida, os jogadores das duas equipes almoçarão juntos, em ação para promover a paz nos estádios.

Escalações prováveis: 

Corinthians – técnico Fábio Carille

O Corinthians terá mudanças para o primeiro amistoso da pré-temporada. Carille quer observar alguns jogadores depois da derrota por 1 a 0, em jogo-treino diante do Nacional, no CT Joaquim Grava. Chances para os recém-contratados Richard, Ramiro, André Luis e Sornoza, por exemplo. Todos devem iniciar o clássico.

Desfalques: Mauro Boselli (no México, cuidando da mudança para o Brasil), Renê Júnior (em recuperação de cirurgia no joelho esquerdo), Gabriel (em transição para o campo, após lesão no músculo adutor da coxa direita), Ralf (com dores na coxa direita), Pedrinho, Clayson e Sergio Díaz (com incômodos de joelho), Romero (em processo de aprimoramento físico), e Gabriel e Renê Júnior (em tratamento).

Santos – técnico Jorge Sampaoli

Sampaoli chegou ao Santos provando que gosta de trabalhar. Desde a reapresentação do elenco, na quarta-feira da semana passada, o técnico deu apenas um dia de folga e diversos trabalhos em dois períodos. Os treinos táticos, porém, foram todos fechados à imprensa. O que pôde ser observado é que o argentino prioriza demais a posse da bola e deve armar o time para isso.

Desfalques: Rodrygo (seleção sub-20), Lucas Veríssimo e Anderson Ceará (lesões no joelho), Bryan Ruiz (pediu rescisão contratual), Rafael Longuine, Cleber Reis, João Paulo, Gabriel Calabres, Rodrigão e Kaio Jorge (opção técnica).

Arbitragem

Vinicius Furlan apita o jogo, auxiliado por Marco Antônio de Andrade Motta Júnior e Evandro de Melo Lima.