Anúncio Advertisement

CMM aprova PL contra violência obstétrica

Foi aprovado, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), nessa segunda-feira (10) um Projeto de Lei que institui a “Caminhada ao Combate à Violência Obstétrica”, tendo em vista o aumento de denúncias feitas aos órgãos competentes de casos de violência contra a mulher na hora de dar à luz.

O PL 190/2018 tem a finalidade de chamar a atenção da população para esse tipo de caso.

Um dos casos mais conhecidos da população manauense, ocorreu no ano de 2018, na Maternidade Balbina Mestrinho, porém as imagens foram divulgadas nas redes sociais somente em fevereiro deste ano, quando o médico Armando Andrade Araújo, visivelmente impaciente, aparece agredindo fisicamente uma grávida, batendo na virilha da gestante.

No Brasil não há uma lei federal que especifique o que é violência obstétrica.

O Projeto de Lei é de autoria da vereadora Mirtes Salles (PL)

(*) Com informações da Câmara Municipal de Manaus