CMM vai participar de encontro nacional das Escolas Legislativas

FOTO: ROBERVALDO ROCHA / CMM

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) vai participar do 35º Encontro da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (Abel), que acontecerá nos dias 3, 4 e 5 de junho, com a presença de diretores das Escolas Legislativas e de Contas de todo o Brasil. A confirmação da participação da CMM no evento foi feita pelo presidente da Casa Legislativa, vereador Joelson Silva, nessa quinta-feira (13).

O convite para o encontro, que este ano está programado para acontecer na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), foi entregue pessoalmente pelo presidente da Abel, Florian Augusto Madruga, na CMM. O objetivo é realizar um profundo debate sobre assuntos relacionados às atividades e projetos desenvolvidos pelas escolas do legislativo nos âmbitos municipal, estadual e federal.

Adepto a esse tipo de evento, Joelson Silva destacou o trabalho realizado pelo Senado Federal junto às escolas legislativas.

“O Senado é solícito e está sempre em busca dessa parceria com as casas legislativas municipais e estaduais espalhadas pelo Brasil. Esse Encontro vai servir para o fortalecimento da nossa escola, para termos boas referências e ampliarmos nosso horizonte, na busca de instrumentos que aproximem a população da Câmara com ofertas de cursos profissionalizantes, tanto para os servidores quanto para o cidadão”, disse Joelson Silva.

Mais espaço

Desde o ano passado, devido à grande procura por cursos profissionalizantes, o presidente da CMM avalia a possibilidade de ampliação da Escola do Legislativo Vereadora Lea Alencar, com a criação de novas salas para laboratórios de informática e ampliação da biblioteca.

“Esse convite vem fortalecer a parceria com o Senado no sentido de qualificar não somente o servidor da Câmara, mas o cidadão que busca a profissionalização por meio dos cursos oferecidos gratuitamente por esta casa. Estamos com esse projeto praticamente pronto. A Câmara tem condições de oferecer essa contribuição social ao cidadão manauara”, afirmou Joelson.

(*) Com informações da CMM