Com discurso de renovação política, Braga confirma Rebeca como vice em sua chapa e Praciano candidato ao Senado

braga-rebecca-praciano

Na tarde desta quinta-feira, na sede do PMDB, no bairro do Parque 10, foi anunciada a chapa majoritária do pré-candidato ao Governo do Estado, senador Eduardo Braga (PMDB). A deputada federal Rebeca Garcia (PP) desistiu de sua candidatura ao Governo do Estado e será candidata a vice-governadora de Braga. O candidato ao Senado Federal na chapa de Braga é o deputado federal petista, Francisco Praciano.

“A Rebeca é uma jovem que vem lutando com talento na política. É preciso reconhecer o talento. Eu já tive a idade da Rebeca e já fui jovem. Eu cheguei a vice-prefeito de Manaus com o Amazonino, eu tinha 33 anos de idade e assumi a Prefeitura de Manaus. Portanto eu sei o que significa a ousadia, a irreverência, a contestação, a inquietação, e sei ao mesmo tempo o quanto a gente evolui, o quanto a gente amadurece quando nós damos a oportunidade aos novos talentos. Eu já disse isso em outros momentos. Se voltarem atrás, tem o próprio jornal A Crítica, em 2012, eu disse que não seria candidato a prefeito porque era hora de abrir espaço para o novos talentos da política amazonense”, comentou Braga, acrescentado ainda: “Agora, eu me sinto extremamente lisonjeado por ter sido escolhido pela Rebeca, para compor com ela essa chapa que alia, de um lado, a minha experiência de quem já foi prefeito, de quem já foi governador por duas vezes, mas de quem já foi vereador, deputado estadual, deputado federal, senador da República, portanto, o povo me deu todas as oportunidades que eu gostaria de poder retribuir com muito trabalho ao lado da Rebeca Garcia”.

Braga afirmou haver a necessidade de uma transição política. “O Amazonino com quem eu já fiz oposição, todos sabem, foi responsável pela porta que se abriu para que eu pudesse chegar à Prefeitura e assim mostrar meu trabalho. Ou seja, quem de nós alcançou alguma coisa sem estar ao lado de alguém? Ninguém faz nada sozinho. E graças ao bom Deus, nós estamos juntos, eu e Rebeca pra fazermos bem ao povo do Amazonas”, disse Braga.

Por outro lado, ao ser questionada dos motivos da sua desistência da pré-candidatura ao Governo do Estado, Rebeca Garcia disse ter sido importante, num primeiro momento, cogitar ser governadora do Estado porque isso teria lhe dado a oportunidade de estudar o Estado, conhecer melhor as necessidades do Estado. “Mas, agora, ao lado do senador Eduardo Braga, como ele mesmo colocou, eu tenho a oportunidade de aliada a experiência dele, colocar em prática tudo aquilo que eu tenho projetado, junto é claro com esse plano de Governo que está muito bem traçado. Tudo que li nesse plano de Governo são ações muito ousadas, mas que eu tenho certeza que terão um resultado muito importante para o nosso Estado”. Ela definiu sua aliança com Braga como “uma decisão que não foi simplesmente política, foi uma decisão administrativa, que eu tenho certeza que com essa união quem ganhará será o povo do Estado do Amazonas”. (Any Margareth)

Foto: Zezinho Rodrigues