Anúncio

Com gols nos acréscimos, Bahia e Atlético-MG empatam na Fonte Nova

Foram três gols nos últimos dez minutos, o que fez torcedores de Atlético-MG e Bahia irem da euforia à tristeza em pouco tempo. No fim, após dois gols já nos acréscimos, o empate em 2 a 2, na Fonte Nova, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado é ruim para a equipe mineira, que vencia até os 49 minutos do segundo tempo e perdeu a terceira colocação para o Internacional. Agora, o time de Thiago Larghi soma 27 pontos, dois a menos que os gaúchos. A liderança é do Flamengo, com 34.

Já o Bahia, com o gol de Régis no último lance, fecha a rodada fora da zona do rebaixamento, com 17 pontos. Pior para o Santos, que agora está no grupo dos quatro últimos colocados ao lado de Atlético-PR, Paraná e Ceará.

Na próxima rodada, o Atlético-MG recebe o Internacional, no dia 6, no estádio Independência, em um confronto direto pelas primeiras colocações. O Bahia, que é o 15º colocado, enfrenta o Fluminense, no Maracanã, um dia antes.

O resumo do primeiro tempo foi o gol atleticano. Logo aos 4min, o time mineiro abriu o placar. A boa jogada de Chará com a conclusão de Matheus Galdezani parecia ser o início de uma grande atuação. No entanto, o bom momento atleticano na primeira etapa ficou apenas nos minutos iniciais.

Em desvantagem, o Bahia tomou conta da bola e ocupou o campo de defesa do Galo, que nem sequer conseguiu contra-atacar o adversário. O goleiro Victor foi amarelado aos 39 minutos, por fazer cera, o que indica como o Atlético teve dificuldade para jogar.

Na etapa final, o Bahia insistiu, mas só conseguiu o gol de empate aos 39 minutos em um chute de Gilberto da entrada da área, fuzilando o gol de Victor.

Quando parecia que a igualdade seria mantida, o Atlético-MG voltou à frente no placar aos 46min. Ricardo Oliveira é lançado pelo meio, avança e toca com calma na saída do goleiro Anderson. Mas o Bahia persistiu na busca do empate e conseguiu aos 49min, com Régis.

BAHIA

Anderson; Bruno, Tiago, Douglas Grolli, Léo; Gregore, Élton, Marco Antônio, Vinícius (Régis); Edigar Junio (Elber), Gilberto. T.: Enderson Moreira

ATLÉTICO-MG

Victor; Patric, Iago Maidana, Gabriel, Juninho; José Welison, Matheus Galdezani (Cazares), Elias; Luan (David Terans), Yimmi Chará; Ricardo Oliveira. T.: Thiago Larghi

Estádio: Fonte Nova, em Salvador (BA)

Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Cartões amarelos: Bruno, Vinícius, Douglas Grolli e Régis (Bahia); Patric e Victor (Atlético-MG)

Gols: Matheus Galdezani, aos 4min do primeiro tempo, e Ricardo Oliveira, aos 46min do segundo tempo (Atlético-MG); Gilberto, aos 39min, e Régis, aos 49min do segundo tempo (Bahia)

Fonte: Notícias ao Minuto