Com uma rejeição de 75% em Manacapuru, Tororó não é o candidato do PMDB, mas sim Erika Régis

Tororó e Erika Régis capa

Para não arriscar uma derrota em Manacapuru, o PMDB decidiu que não apoiará o projeto de reeleição do prefeito Jaziel Nunes, o Tororó. Em pesquisas de intenção de votos em Manacapuru, Tororó aparece nos últimos lugares e para piorar a situação com uma rejeição que já chegou a 75% do eleitorado. A escolha do PMDB do senador Eduardo Braga recaiu então na presidente do diretório municipal da sigla em Manacapuru, Erika Regis, irmã do ex-deputado Washington Régis.

“Tororó terá que ter a humildade que Régis já teve um dia quando, se vendo diante de um quadro eleitoral difícil, com poucas chances de vitória, ele apoiou Bessa que foi eleito em 2008 – Bessa foi cassado pela Justiça eleitoral). Tem que ser avaliado o momento político atual, pensar no grupo político e no partido, não apenas em si mesmo”, diz uma liderança do PMDB que apoia a candidatura de Érika Régis.

Érika é advogada e sempre atuou ativamente nas campanhas políticas do irmão, Washington Régis. Cuidava de tudo, desde o registro de candidatura até a prestação de contas. Ela apoiou o irmão em todas as suas decisões, inclusive na renúncia, após Régis ficar muito doente.

Coma renúncia de Régis, Jaziel Nunes que era vice, assumiu a prefeitura de Manacapuru. (Any Margareth)