Começar a investir com o valor mínimo é um bom negócio?

Hoje é possível aplicar o dinheiro no Tesouro Direto, por exemplo, com apenas R$ 30. Mas é um bom negócio começar um investimento com um valor tão baixo?

A resposta de especialistas ouvidos pela revista Exame é: nem tanto. De acordo com a publicação, é preciso verificar se as taxas envolvidas no investimento não irão afetar a rentabilidade da aplicação.

A planejadora financeira pessoal da consultoria Par Mais, Annalisa Blando Dal Zotto, lembra da importância de analisar bem a taxa de administração, cobrada em fundos, e a de custódia, cobrada no Tesouro Direto.

Por exemplo, um investidor que recebe o salário em um banco, mas faz a aplicação em outro precisa lidar com o custo da transferência de dinheiro, que pode ser entre R$ 7 reais e R$ 10. Caso a pessoa queira investir 100 reais na aplicação, este custo equivale a 7% do valor.

“O investidor não vai obter essa rentabilidade no título em um ano”, explica Annalisa.

Por isso, é preciso avaliar bem o tipo de aplicação financeira e as taxas envolvidas na operação para fazer com que o investimento compense.

Fonte: Notícias ao Minuto