Comissão de Ética se reúne para decidir se investigará ministro Geddel Vieira

geddel-21-capa

A Comissão de Ética Pública da Presidência da República, que fiscaliza a aplicação do Código de Conduta da Alta Administração Federal, se reunirá a partir das 8h30 desta segunda-feira (21), no Palácio do Planalto, para debater a abertura ou não de processo para investigar o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, no episódio que culminou com a demissão de Marcelo Calero do comando do Ministério da Cultura. A decisão, no entanto, só deve sair no início da noite de hoje.

Geddel estaria pressionando Calero a liberar um empreendimento imobiliário de alto luxo em Salvador, no qual havia comprado um apartamento. As informações são do G1.

Sem poder de punição, cabe à Comissão de Ética recomendar ao chefe do Executivo sanções a integrantes do governo.

As acusações de Calero contra Geddel também podem ser investigadas no Congresso Nacional. A oposição já está se movimentando para fechar o cerco em torno do ministro da Secretaria de Governo. Geddel foi um dos principais articuladores políticos do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

“É escandaloso que um ministro extremamente poderoso dentro do governo, que trabalha na antessala de Temer, use do próprio cargo para coagir e ameaçar colegas em favor de interesses pessoais”, destacou o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), pedindo a demissão imediata de Geddel. Ele também afirmou que irá solicitar que o Ministério Público Federal apure o caso.

Fonte: Notícias ao Minuto