Comissões técnicas da CMM serão definidas na primeira quinzena de fevereiro

Foto: Divulgação

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Joelson Silva (PSDB), informou que a formação das comissão técnicas do Legislativo deve ser feita ainda na primeira quinzena de fevereiro, logo após o início das atividades legislativas.

O assunto será colocado em discussão na sessão seguinte a leitura da mensagem anual do prefeito da capital, Arthur Virgilio Neto (PSDB), no dia 6 de fevereiro. “Se possível, chamarei uma extraordinária dia 7 de fevereiro pra tratar das discussões da escolha das comissões”, afirmou o presidente da CMM.

Segundoele, as comissões de Constituição, Justiça e Redação; Finanças, Economia e Orçamento e, a de Transporte, Mobilidade Urbana e Acessibilidade estão entre as mais importantes, e que deverão ser as de maior interesse dos parlamentares. “São comissões primordiais, que tratam de legalidade, constitucionalidade, questão financeira, assuntos de grande relevância para a cidade de Manaus”, define.

Critérios

A CMM possui 21 comissões técnicas, contando com a Mesa Diretora da Casa, definida no Regimento Interno como primeira comissão. As demais são: Constituição, Justiça e Redação (CCJR); Finanças, Economia e Orçamento (CFEO), Educação (COMED); Agricultura e política Rural (COMAGRI); Saúde (COMSAU); Serviço e Obras Públicas (COMSOP); Transporte, Mobilidade Urbana e Acessibilidade (COMTMUA), Cultura e Patrimônio Histórico (COMCPH), Turismo, Indústria, Comércio, Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (COMTICDETRE), Assuntos Sóciocomunitários e Legislação Participativa (COMASLEP); Ética (COMET); Direitos Humanos, Povos Indígenas e Minorias (COMDIHPIM); Meio Ambiente, Recursos Naturais, Sustentabilidade e Vigilância Permanente da Amazônia (COMMARESV); Acompanhamento de Leis (COMIAL); Água e Saneamento (COMASA); Esportes (COMESP); Defesa e Proteção dos Direitos da Mulher (COMDPDM); Defesa do Consumidor (COMDEC); Direito da Criança, do Adolescente e do Idoso (COMDCAI) e a Habitação e Regularização Fundiária Urbana – COMHARFU.

Cada comissão é composta por sete membros titulares, incluindo os presidentes e vice-presidentes e cinco suplentes, escolhidos observando critérios de proporcionalidade entre os blocos partidários, conforme estabelece o Arrigo 36 do Regimento Interno da CMM.

Nenhum vereador poderá ser membro titular de mais de seis comissões e será vedado o parlamentar que presidir mais de duas comissões técnicas.

Com informações da Diretoria de Comunicação da CMM.