Anúncio

Comitiva de estudantes universitários chineses vem ao TCE fazer intercâmbio na área ambiental

Coordenador de projetos ambientais do TCE, conselheiro Júlio Pinheiro.

Uma comitiva de estudantes chineses, de graduação e pós-graduação, da Universidade Tsinghua, vem a Manaus visitar o Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), entre os dias 19 e 26 de julho deste ano, conhecer os projetos e as ações de proteção e de controle ambiental desenvolvidos pelo TCE. O tribunal tem conquistado reconhecimento pelo trabalho na área de auditoria ambiental em todo Brasil e em países da Europa, África e Ásia.

Sediada em Pequim e considerada uma das mais conceituadas e respeitadas instituições ensino superior da China, a Universidade Tsinghua manifestou interesse de vir ao TCE-AM realizar um intercâmbio após os integrantes da Embaixada da República Popular da China, Dong Guo e Gao Changli, terem conhecido o trabalho na área ambiental do TCE no final do mês passado e terem informado ao reitor da universidade chinesa sobre tema. A visita já foi autorizada pela conselheira-presidente do TCE, Yara Lins dos Santos, e pelo colegiado.

Segundo o coordenador dos Projetos Ambientais do TCE, conselheiro Júlio Pinheiro, que foi contatado, por e-mail, pelo professor da Universidade Tsinghua e chefe de administração da Escola Tsinghua de Jornalismo e Comunicação, Hu Yu, sobre a possibilidade da visita, os estudantes chegam ao Brasil no dia 12 de julho. Antes de vir ao Amazonas, a comitiva vai a São Paulo e ao Rio de Janeiro visitar projetos na área ambiental nos dois Estados. Além dos estudantes, estarão na comitiva o reitor da instituição e o professor do curso.

Conforme explicação do professor Hu Yu, esta será a primeira missão dos acadêmicos em solo brasileiro. Eles terão a missão de investigar todas as iniciativas brasileiras em prol do meio ambiente em solo brasileiro. “Como Universidade prestigiada na China, a Tsinghua atribui muita importância para os intercâmbios internacionais e as comunicações interculturais. O programa é um curso chamado ‘Competência Global’, o qual pretende fomentar os estudantes a explorar o mundo e assumir uma responsabilidade global”, disse o docente, em e-mail.

Ao ser informada pelo conselheiro Júlio Pinheiro do interesse dos estudantes chineses de vir ao TCE, a conselheira Yara Lins dos Santos imediatamente autorizou a vinda ao TCE. Além de conhecer as ações do Tribunal de Contas, eles terão oportunidades de ver os resultados alcançados pelo Departamento de Auditoria Ambiental e, ainda, conhecer um pouco mais de perto a Amazônia, que eles conhecem somente por fotos e vídeos.

Para o conselheiro Júlio Pinheiro, que informou sobre a visita na sessão do Pleno, o pedido de visita da universidade chinesa ao TCE representa “uma satisfação muito grande e um​​reconhecimento ao trabalho do Tribunal de Contas”, em plenas atividades da Semana do Meio Ambiente​ do Tribunal de Contas​​.