Compaj registra morte de detento após briga entre facções

Foto: Reprodução Internet

A tensão da guerra entre facções criminosas também causou reflexo dentro Complexo Penitenciário Anísio Jobim (COMPAJ). O detento identificado como Fabrício da Silva dos Santos Neto, de 31 anos, que estava recluso no pavilhão 2, foi assassinado no início da noite dessa segunda-feira (10), após uma briga entre detentos.

Os suspeitos pelo homicídio foram levados para a delegacia para prestarem depoimentos. Do lado de fora, a PM registrou 8 mortes em Manaus, na segunda-feira (10). Fogos de artifícios chamaram atenção em diversos pontos da cidade.

De acordo com os vídeos que circularam em redes sociais, os fogos eram um sinal de comemoração da facção criminosa Comando Vermelho (CV) pela conquista de pontos de drogas que, anteriormente, pertenciam a facção Família do Norte (FDN).

Integrantes do CV também comemoraram a morte de ‘Baixinho’, apontado como líder da FDN na zona Sul de Manaus, que foi executado nessa segunda-feira (10), por dois motoqueiros na rua Castro Alves no bairro do Coroado, zona Leste.

Para tentar conter a violência na capital, ainda na noite dessa segunda-feira, o Governo do Estado instalou um Gabinete de Crise para intervir as ações dos criminosos.