Comunidade indígena urbana ganha atendimento em UBS Móvel como reforço ao combate à Covid-19

A comunidade Wotchimachü, localizada no bairro Cidade de Deus, zona Leste, ganhará, a partir desta sexta-feira (29), o atendimento de profissionais de saúde do município na  Unidade Básica de Saúde Móvel (UBS Móvel), que passará a atender o grande número de famílias indígenas da etnia tikuna que vivem naquela área da cidade.

A medida é um reforço determinado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto para o combate ao novo coronavírus. “Não mediremos esforços para garantir saúde e o direito à vida às famílias indígenas neste momento de pandemia do novo coronavírus. São diversas frentes de atuação para o cuidado com essas populações indígenas urbanas da capital e, com a UBS Móvel, nossa intenção é aproximar ainda mais os cuidados com saúde a essas pessoas que carregam parte da nossa rica história”, destacou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

A UBS Móvel da Semsa está composta por equipe técnica interdisciplinar, formada por médico, enfermeiros, dentistas, técnicos de enfermagem e cadastradores, que levarão aos moradores daquela área consultas médicas e de enfermagem; pré-natal; testagem rápida para Covid-19; farmácia básica; vacinas; emissão do Cartão SUS; além de informações e orientações sobre autocuidado e medidas de prevenção ao novo coronavírus e tratamento da Covid-19.

O serviço da Semsa funcionará, de segunda a sexta-feira, em horário integral de 8h às 16h30. Inicialmente, a prioridade serão os indígenas sintomáticos respiratórios (casos suspeitos e confirmados para Covid-19). A partir da próxima semana, será a vez das grávidas, puérperas, recém-nascidos e idosos. Conforme os atendimentos forem sendo realizados, o serviço abrangerá outros segmentos.

“Seguindo a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vai posicionar essa UBS Móvel para ampliar e aproximar o atendimento às famílias indígenas que habitam em contexto urbano da capital, com serviços de promoção e atenção à saúde, facilitando o acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS), além de reduzir os riscos de contágio da doença entre os indivíduos desse segmento da população”, explicou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Parque das Tribos

Como forma de ampliar as ações de saúde voltadas aos povos indígenas no período da pandemia, uma UBS Móvel opera, desde o último dia 20/5, na comunidade Parque das Tribos, bairro Tarumã, zona Oeste.

A chegada da unidade móvel na comunidade reforça a atuação das equipes de saúde da UBS Lindalva Damasceno, localizada na avenida do Turismo, que já faziam atendimento às famílias indígenas com visitas em domicílio, identificando e monitorando possíveis casos de síndromes respiratórias.

Durante 30 dias, aproximadamente 700 famílias do local contarão com testagem rápida para a Covid-19 e serviços básicos como vacinação contra a influenza, consultas médicas, orientações sobre saúde bucal, além de instruções sobre a importância de atitudes como lavagem das mãos, uso de máscaras, distanciamento social, conduta adequada no isolamento domiciliar, em casos confirmados, e o autocuidado de maneira geral.

Com informações da Semcom.