Confirmado: jogador Hamilton fará artroscopia sexta-feira (27)

Destaque do Manaus FC nas duas últimas temporadas, o meia Hamilton, fará uma artroscopia no joelho direito nesta sexta-feira (27), no Hospital Samel, na região central da capital amazonense. Os ortopedistas Luis Hidalgo e Marcos Leão, ambos membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Joelho, estão cuidando do “Ibrahimovic da Amazônia”.

O artilheiro do Campeonato Amazonense de 2018 com seis gols e que também brilhou na Copa Verde e Copa do Brasil deste ano é o desfalque do Gavião do Norte na primeira fase da Série D. Afastado pelo departamento médico, ele não atuou na vitória por 1 a 0 sobre o Baré-RR no último sábado (21), em Boa Vista.

O que é a artroscopia de joelho?

A artroscopia é um procedimento cirúrgico comum no qual a articulação (artro) é vista por dentro (escopia), usando uma pequena câmera. Artroscopia dá aos médicos uma visão clara do interior do joelho. Isso ajuda a diagnosticar e tratar problemas do joelho. Exames anteriores constataram que Hamilton tem uma lesão no menisco direito.

Avanços tecnológicos têm levado a monitores de alta definição e câmeras de alta resolução. Estas e outras melhorias fizeram da artroscopia uma ferramenta muito eficaz para o tratamento de problemas no joelho. Segundo a American Society for Orthopaedic Sports Medicine, mais de 4 milhões de artroscopias do joelho são realizadas em todo o mundo a cada ano.

Descrição

A artroscopia é feita através de duas pequenas incisões. Durante o procedimento, o cirurgião ortopédico insere o artroscópio (um instrumento pequeno com uma câmera do tamanho de um lápis) na articulação do joelho. O artroscópio envia a imagem para um monitor de televisão. No monitor, o cirurgião pode ver as estruturas do joelho com grande detalhe.

Esse procedimento é usado para reparar ou remover os tecidos danificados. Para fazer isso, pequenos instrumentos cirúrgicos são colocados através de duas incisões, uma de cada lado do joelho.

Só após a artroscopia é o que Gavião do Norte divulgará o tempo de recuperação e o provável retorno do craque criado na Zona Leste de Manaus aos campos de futebol.