Confrontos durante eleições deixam 10 mortos em Bangladesh

Pelo menos 10 pessoas foram mortas em confrontos neste domingo (30) em diferentes áreas de Bangladesh, durante as eleições gerais do país, depois de uma campanha eleitoral marcada por violência e acusações de repressão contra a oposição.

De acordo com as autoridades locais, a polícia matou três manifestantes, outros seis morreram durante confusão entre militantes da Liga Awami e seguidores do Partido Nacionalista de Bangladesh (BNP) e a 10ª vítima é um policial morto pela oposição. Na véspera da votação, os expoentes do BNP já temiam que a violência e a intimidação afastassem muitos eleitores das urnas.

No entanto, apesar das mortes, o chefe da polícia de Bangladesh, Javed Patwary, relatou que a votação ocorre de forma pacífica e sem violência. A atual primeira-ministra, Sheikh Hasina, está cotada para vencer o pleito e garantir seu terceiro mandato consecutivo. Ao todo, ela já está há 10 anos no poder. Sua principal rival é a ex-premier Khaleda Zia, chefe do BNP, que já foi condenada a 17 anos de prisão por corrupção.

Fonte: Notícias ao Minuto