Contrariando todas as previsões, Melo e Braga ficam praticamente empatados e a disputa vai para segundo turno

braga melo votam

Com a devida parcela de contribuição dada pelo candidato Marcelo Ramos (PSB) e seus quase 13% dos votos para o Governo do Estado, a eleição para a chefia do Executivo do Amazonas vai para segundo turno. O resultado apertado e a existência de segundo turno contraria a quase totalidade das pesquisas do último mês, antes da votação deste domingo (05). A disputa agora está polarizada entre o candidato da coligação Renovação e Experiência, senador Eduardo Braga (PMDB) e o candidato da coligação Fazendo mais por nossa gente, José Melo (PROS). Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram uma ínfima diferença para Braga com 99,66% dos votos apurados. Braga 43,13% dos votos e Melo com 43,03% , números que levam a crer que o segundo turno entre os dois vai ser disputado voto por voto, e que a diferença entre quem ganha ou perde no segundo turno será muito pequeno.

Com a apuração quase encerrada e a certeza de segundo turno, o governador e candidato à reeleição José Melo, usou o mesmo tom de quase toda sua campanha, apelando para o discurso em tom sentimental, e fez os mais diversos agradecimentos, mas principalmente a sua esposa Edilene e ao companheiro Omar Aziz.

Ele afirmou que, no segundo turno, sua campanha continuará falando de projetos. Já o senador Eduardo Braga, assim como sua vice, deputada federal Rebecca Garcia, encararam existência de um segundo turno como uma prova de que o povo quer mudanças, e ressaltaram o fato de estarem enfrentando duas máquinas públicas, a do Estado, tendo a frente o governador candidato a reeleição, e a da Prefeitura de Artur Neto, um dos principais apoiadores de Melo. (Any Margareth)