Contratação de profissionais de saúde no AM acontece após enfermeiros testarem positivo para Covid-19

A contratação dos profissionais de saúde atende um pedido feito pelo Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (Coren-AM)

saúde profissionais

Foto: Divulgação/Coren-AM

Com o aumento nos casos de Covid-19 e o afastamento de profissionais da enfermagem por causa da doença, o Governo do Amazonas irá fazer contratações temporárias com intuito de atender a alta demanda nas unidades de saúde.

A decisão atende um apelo feito pelo presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (Coren-AM), Enfermeiro Sandro André, após uma série de visitas técnicas nos estabelecimentos de saúde da capital e detectar um número significativo de profissionais de enfermagem afastados pela Covid-19 nos últimos dias.

Nessa sexta-feira (14), a Prefeitura de Manaus também atendeu a este apelo feito pelo Conselho de Enfermagem anunciando a contratação de 500 novos profissionais da área da saúde para reforçar as equipes que já estão atuando na linha de frente da pandemia.

“As equipes de enfermagem já estão sobrecarregadas, e com o aumento no número de casos de Covid-19, nossos profissionais ficam muito mais expostos a contaminação, resultando em um número alto de profissionais afastados. Isso impacta diretamente no rendimento dos profissionais que já estão nitidamente desgastados ainda da primeira e segunda onda”, falou Sandro.

A Secretaria de Saúde do Amazonas (SES-AM) informou que, por ser um edital de caráter emergencial, não foi definido número de vagas de contratação. Os profissionais cadastrados e selecionados serão convocados de acordo com a demanda da rede de saúde na capital.

(*) Com informações da Assessoria