Coreia do Norte lança sexto míssil nos últimos três dias

korea-do-norte

A Coreia do Norte disparou dois mísseis de curto alcance nesta segunda-feira (20), completando seis lançamentos em três dias, e condenou a Coreia do Sul por criticar o que o governo norte-coreano afirma ser exercícios militares legítimos.

O Ministério da Defesa da Coreia do Sul disse que a Coreia do Norte disparou um míssil nesta segunda de manhã e um segundo à tarde. Ambos foram lançados no mar na costa leste da Coreia do Norte, disse um funcionário do ministério.

Os últimos disparos foram confirmados pelo Comando Conjunto da Coreia do Sul.

“A Coreia do Norte lançou dois projéteis nesta segunda-feira (20), um de manhã e outro à tarde”,  afirmou um porta-voz do Comando.

Os lançamentos acontecem após mais de dois meses de ameaças da Coreia do Norte sobre uma guerra nuclear contra a Coreia do Sul e os Estados Unidos se fosse atacada.

O Norte condenou os exercícios militares sul-coreanos realizados em parceria com os EUA, que terminaram no final de abril. A Coreia do Norte disse que se tratavam de um ensaio para um ataque contra seu território.

“Estamos realizando exercícios militares intensos para reforçar a nossa capacidade de defesa”, disse o Comitê para a Reunificação Pacífica da Coreia, órgão que lida com questões inter-coreanas, segundo a agência de notícias da Coreia do Norte KCNA, nesta segunda-feira (20).

Pyongyang disparou no domingo um míssil de curto alcance a partir da costa leste. No sábado, o país comunista lançou três mísseis de curto alcance na mesma região, aparentemente durante exercícios militares, em um clima de tensão entre Norte e Sul.

A Coreia do Sul condenou no fim de semana os disparos, que chamou de “deploráveis” e de “provocação”.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu a Pyongyang que não volte a executar disparos deste tipo. “É hora de retomar o diálogo e reduzir tensões”, afirmou Ban.

Fonte: G1